18 outubro, 2018

Filho, Theotonio - Bruno Ragaz (Anarchista)

Magalhães & Moniz Editores, Porto, 1913. In-8.º de 159-II págs. Br. [Théo-Filho foi um dos escritores mais lidos no Brasil nos anos 20. Os seus livros e crônicas, descreviam a boémia parisiense e os vícios da elite brasileira, escandalizando os moralistas. Entre 1925 e 1940, à frente do semanário Beira-Mar, Théo-Filho foi o intelectual que mais escreveu sobre assuntos balneários. Fez a apologia das banhistas, do bronzeamento, da exiguidade dos fatos de banho, do verão carioca, do turismo, do futebol na areia, dos clubes de praia, na época em que os banhos de sol se introduziam nos divertimentos ao ar livre, quando mudavam os padrões sociais de apreciação da nudez dos corpos, da pele morena e do calor tropical]. Primeira edição. Bom exemplar.
€ 35,00