05 abril, 2019

Cancioneiro da Biblioteca Nacional (Colocci-Brancuti) Cod. 10991

Lisboa. Biblioteca Nacional. Imprensa Nacional - Casa da Moeda, 1982. Edição Fac-Similada. In-Fólio de XIV-759 págs. Br. Com estojo em cartão. Capa de António Pedro. [O Cancioneiro da Biblioteca Nacional (chamado Cancioneiro Colocci-Brancuti) é uma colectânea de lirismo trovadoresco galaico-português (cantigas de amigo, de amor e de escárnio e mal-dizer), compilado em Itália por volta de 1525, por ordem do humanista Angelo Colocci que numerou 1664 composições e anotou praticamente todo o códice. Foi redigido em seis diferentes estilos caligráficos, com predominância da letra itálica chanceleresca e letra bastarda cursiva. Das 1664 composições originais chegaram apenas 1560 aos dias de hoje. Dos trovadores salientam-se: D. Dinis, D. Sancho I, D. Pedro conde de Barcelos, Pay Soares de Taveirós, Joham Garcia de Guylhade, Ayras Nunes, Martim Codax, etc]. Exemplar em bom estado.
€ 50,00 + portes de envio